Dicas práticas de Instagram para Corretores de Imóveis
Lendo agora
Dicas práticas de Instagram para Corretores de Imóveis

Dicas práticas de Instagram para Corretores de Imóveis

O Instagram é uma grande vitrine ao mercado imobiliário por ser a rede social com intenso uso entre todas as camadas sociais. O corretor e a corretora de imóveis deve utilizar ela para promover-se como profissional e até mesmo anunciar imóveis. Para isto, algumas “regras” devem ser observadas, uma vez que, diferente do Facebook, ela é muito mais focada em lifestyle e fotografia.

Um erro comum de usuários profissionais em redes sociais, não somente Instagram, é fazer postagens comerciais exageradamente, minando seu perfil ou página de imóveis e nada de relacionamento. Mas é justamente o relacionamento o foco de uma rede SOCIAL.

Antes de planejar suas postagens e definir a abordagem, você precisa entender primeiro a jornada do cliente do mercado imobiliário. Entendendo isto, conseguirá visualizar diferentes momentos de chegada de uma pessoa em seu círculo de influência e relacionamento – já pensando no funil de vendas.

Pondere na sua estratégia, por exemplo, ter 2 postagens semanais que falem sobre os seus bairros de atuação, outras 2 sobre características de imóveis ou dicas de decoração e arquitetura e reserve 1 com um tom mais comercial (promovendo-se diretamente como corretor ou anunciando um imóvel). É uma estratégia de construção de marca pessoal como especialista em imóveis e em uma região.

Lembre-se sempre:

O corretor vende informação e segurança, não imóveis. Quem vende o imóvel é o proprietário!

Pontuada a questão da estratégia, vamos às Dicas Práticas!

 

Identidade visual: a sua marca aos olhos do cliente

Sabe quando você vê uma peça de publicidade e consegue identificar qual a empresa está por trás dela, sem nem ao menos ver o logotipo? Pois bem, isto ocorre porque foi desenvolvida uma linguagem visual própria que possibilita que o cliente identifique seu autor mesmo com a mais rápida “passada de olho” sobre a peça publicitária.

Os elementos que compõem a identidade visual que o corretor de imóveis poderá explorar são as formas, cores, texturas e as composições entre elas. Veja o Instagram do HomeGuru, por exemplo, cada temática de postagem possui uma característica de composição, mas todas elas utilizam uma linguagem visual única que possibilita identificar seu autor.

 

Use seu logotipo ou nome sem prejudicar a foto

Por uma questão de proteção da foto, o mercado atribuiu como “regra” usar uma marca d’água sobre a foto do imóvel para evitar que um concorrente “roube” o arquivo. Isto faz sentido, uma vez que o logo aplicado com alguma transparência inviabiliza o uso por outra empresa ou corretor.

Porém, quem muito perde com isto é o cliente, pois ele vai impossibilitar ou dificultar a visualização do imóvel. De certo modo, a tendência protecionista sobre a imagem do imóvel prejudica o cliente.

Não vamos falar para você não usar esta marca d’água, mas sim que a utilize com mais sabedoria. Tente deixar seu logotipo às margens da foto em uma posição que não atrapalhe a visualização de alguma informação importante – como uma janela, por exemplo.

Outra solução é utilizar uma estrutura padrão no rodapé da peça, que não ocupe muito o espaço vertical e não tire o foco da fotografia.

 

Stories e Lives

Muito oportuno para você apresentar um ponto específico do bairro ou até mesmo um imóvel. Apesar de ter curta vida-útil (24h), os recursos são mais consumidos que as postagens comuns (feed). No caso de uma Live, faça o convite através das postagens normais, e também dos Stories, para que as pessoas possam interagir com você no momento que estiver transmitindo ao vivo.

A visitação de parques, apresentação de ruas e arredores, entrevistas com “celebridades” locais e regiões comerciais são algumas das possibilidades de conteúdos que poderão ser exploradas com os recursos. Quando for tratar de um tema comercial, um bom roteiro é apresentar o imóvel internamente e sair para um passeio fora dele, apresentando a rua e o que existe próximo do local (aproveite para falar que “na rua de trás tem uma boa padaria, virando a esquina tem um ponto de ônibus que passa a linha X de tanto em tanto tempo, etc.).

 

Reels: o novo recurso do Instagram

Em busca por competição com o TikTok, o Instagram criou o recurso chamado Reels, que permite o corretor de imóveis criar um vídeo de no máximo 15 segundos contendo vários takes ou acelerando uma filmagem única – além de efeitos. No CanalTech tem um bom tutorial de como utilizar o recurso.

Um recurso novo geralmente causa alvoroço com as pessoas descobrindo como usar e explorar das formas mais inusitadas possíveis. E aqui damos algumas perspectivas para o mercado imobiliário:

  • apresentando um imóvel desde a chegada no edifício, elevador, abertura de porta do apartamento, dois cômodos percorridos e finaliza com a melhor vista pela janela;
  • caminhada do uma estação do metrô até o imóvel, quando próximo, com takes nas esquinas e pontos bonitos do trajeto até o edifício;
  • a saída da frente do edifício até algum parque, café, estação de metrô ou rua comercial;
  • uma caminhada por algum parque da região ou rua comercial de interesse do público-alvo;
  • uma simulação de assinatura de contrato fechando com a entrega das chaves ao novo proprietário.

 

Legende seus vídeos

Requer um bocado a mais de habilidade e tempo, porém, os benefícios são grandes pois muitas pessoas consomem o conteúdo sem áudio, por opção. Logo, se está falando algo relevante, é indispensável que a pessoa possa assistir lendo o que está falando (não é o mesmo que transcrever o que fala na descrição da publicação).

Além disto, é um recurso de acessibilidade, pois ajudará às pessoas com deficiência auditiva a entenderem o que você está apresentando.

 

Veja também

IGTV

Similar ao YouTube, o IGTV do Instagram permite que o corretor de imóveis crie vídeos de até 60 minutos que permanecem na rede social (diferente dos Stories).

Poderão ser utilizados para conteúdos mais densos, onde você pode:

  • esclarecer dúvidas sobre impostos relacionados à venda ou compra de um imóvel;
  • sobre a perspectiva do mercado imobiliário da sua região;
  • regras novas de financiamento e impacto na aquisição;
  • o impacto na valorização dos imóveis sobre a construção de um novo mercado, indústria, loja, shopping, clínica, etc;
  • ou até mesmo uma versão “completa”, mais densa e detalhada, da apresentação de um local de interesse, região ou imóvel.

 

#Hashtags

Quando for utilizar uma hashtag nas postagens, lembre-se sempre em como o seu público-alvo vê seu conteúdo para saber como chegará até sua publicação. Sendo assim, dê preferência por utilizar hashtags locais que façam referência ao conteúdo como a região, o nome do local, características físicas e emocionais envolvidas, etc.

Por exemplo, você está compartilhando imagens do Parque Ibirapuera, em São Paulo, falando sobre os esportes que podem ser praticados lá. Dicas de hashtags para esta publicação serão: #ibirapuera #parqueibirapuera #basquete #bike #bicicleta #pedalada #caminhada #running #corrida #run #futebol #skate #arlivre #parque #sãopaulo #splovers

Assim, você está se inserindo dentro da dinâmica de conteúdo do local em que as pessoas não vão para comprar imóveis, mas sim para aproveitar o local, relaxar ou se exercitar. Elas chegarão ao seu conteúdo através das hashtags e, com bom conteúdo, podem seguir você e iniciarem um relacionamento do qual serão impactados periodicamente com a informação de que você é um corretor ou corretora de imóveis especialista naquela região, mas que está ali para compartilhar muito mais do que somente “compre, compre, compre”.

 

 

Interações com outras contas

É muito importante, além de responder a todos os comentário que fazem em suas publicações, que interaja com publicações de outras pessoas e empresas.

A regra aqui é o bom senso ao comentar e evitar ficar falando “visite meu perfil”, “me segue”, “quer comprar um imóvel?”, “veja no meu perfil imóveis na região”, etc.

A interação deve ser natural, coerente com o que a pessoa está compartilhando e, ao mesmo tempo, profissional – ou seja, não use muitas gírias, abreviações desnecessárias, não seja indelicado, intrusivo ou abusivo.

Ver comentários (0)

Comente

Seu email não será divulgado.

Ir para o topo