Dá para fazer a venda do imóvel 100% pela internet?
Lendo agora
Dá para fazer a venda do imóvel 100% pela internet?

Dá para fazer a venda do imóvel 100% pela internet?

As idas e vindas de um corretor de imóveis e seus clientes compradores e proprietários para fazer a negociação pode render quilômetros e mais quilômetros de deslocamento semanal. Quando isto é possível de ser feito totalmente pela internet, o tempo e as viagens são poupadas, e você consegue trabalhar com mais clientes simultâneos – além da economia, claro.

Aí você questiona: mas e as assinaturas, documentos, certidões, visitas… como fica?

É disso que vamos falar neste texto agora. É possível fazer tudo ou quase tudo sem sair de casa ou escritório.

Vamos por partes e comentando a viabilidade de cada uma e situações que parece que não pode ser online, mas que sempre tem um jeito.

 

Gerenciando visitas

Uma das principais dores do corretor e corretora de imóveis é levar um bolo na hora da visita. Por consequência, seu cliente proprietário fica insatisfeito, pois parece que “nada acontece” enquanto você está se esforçando para atrair clientes compradores para o imóvel em questão.

A solução para você ter como provar ao proprietário as visitas que estão acontecendo de fato é ter um Termo de Visitas. No app da HomeGuru, por exemplo, você faz a gestão de qual imóvel, quando e por quem será visitado, além de gerarmos para você o Termo de Visita gratuitamente.

Pode até parecer, mas o mais genial disto não é gerarmos o Termo, mas, sim, por você conseguir enviar este documento ao cliente comprador para que ele assine através do celular.

 

Como fazer visitas online

Em épocas como esta de isolamento social ou até mesmo quando o cliente tem uma agenda cheia, o corretor precisa ter estratégias na palma da mão para poder apresentar o imóvel.

Em nosso Instagram, recentemente postamos sobre como viabilizar uma visita não presencial – e aqui vamos falar mais sobre estes pontos.

Antes de avançarmos, pontuamos que entendemos o momento crucial que é uma visita presencial e todo o rito de imaginação do cliente e da argumentação do corretor sobre morar ali.

 

Visitas em vídeo chamada

Neste formato ainda necessitaria um deslocamento seu, porém pouparia o cliente caso prefira manter-se em isolamento. É um alternativa para tentar avançar para uma proposta que você deve usar caso sua leitura sobre o interesse do cliente seja “forte interessado”.

Isto certamente terá mais sucesso quando você possui um briefing detalhado do que o cliente quer e do que ele precisa. Coisa que só um corretor atento às pessoas pode fazer.

Lembre-se de estar muito ciente sobre o imóvel, suas dimensões, tensão elétrica, vizinhança, posição solar e tudo mais. É necessário que você tenha total segurança e precisão ao informar o cliente, e para não ser pego de surpresa com perguntas que possivelmente você estaria desprevenido.

Ferramentas que você poderá utilizar são: Google Meet, Zoom, WhatsApp ou Skype

 

Fotos em abundância

Já é sabido que quanto mais fotos, maior o volume de contatos um imóvel receberá pela internet. Justamente por ele revelar mais sobre o local e, com isto, desperta mais interesse.

Na ausência da possibilidade de visita, um volume de fotos alto, de qualidade e que mostrem o imóvel de um modo mais completo é essencial para afinar o interesse da pessoa por ele.

Fotografe de ângulos diferentes o mesmo cômodo, apresente a vista das janelas, as áreas de circulação e seus acessos aos cômodos, mire no chão, no teto e no todo. Lembre-se que este será um material complementar e não o que usará em seu site ou outros locais na internet. Claramente, fará uma seleção destas para anúncios, mas não use tudo.

Fotos do condomínio e suas áreas comuns são de extremo valor para que a pessoa conheça o playground, piscina, churrasqueira, etc. E mais: fotografe corredor, portaria e até mesmo o elevador (de fora dele e seu painel) para apresentar ao cliente.

Sempre é bom lembrar: cuide do foco e iluminação!

E segundo ponto: organize as fotos por nome do cômodo e o que ela apresenta (ex. sala com vista para acesso à cozinha.jpg)

 

Planta virtual é essencial

Para que seu cliente possa imaginar a circulação, disposição dos cômodos e tudo mais, é imprescindível que você tenha uma planta deste imóvel. O ideal é ter a planta real do imóvel, mas se não for possível, crie uma você mesmo medindo corretamente as medidas de canto a canto, de cando à abertura, largura de portas, altura do pé direito, etc.

Crie plantas virtuais para o imóvel que deseja vender
Crie plantas virtuais para o imóvel que deseja vender

Faça tudo certinho. Pode demorar, mas é uma vez só e vai ajudar seu cliente a visualizar melhor o imóvel como um todo e, consequentemente, ajudar você a vender.

 

Vídeo detalhado

Antecipe-se e produza um material que apresente o apartamento ou casa com o maior nível de detalhes possíveis. Não que este seria necessariamente o vídeo de apresentação em seu site ou canal no YouTube, por exemplo. A ideia aqui é ter um vídeo que você possa enviar ao seu cliente para que ele avalie os pormenores do local.

O corretor deve fazer o vídeo andando pelo imóvel, comentando aberturas, posição de janelas, quantidade de tomadas, disposição possível dos móveis na cozinha, área e medidas de cada cômodo que passa, etc. Inclusive deve pontuar pontos negativos, como alguma pintura a ser refeita, janela com abertura prejudicada, azulejo trincado, etc.

Enfim, se trata de um vídeo para ser plenamente sincero, pois serão como os olhos do seu cliente em uma visita feita por você – como corretor e usuário de um imóvel você certamente saberá o que os clientes mais notam.

Se houver objeções sobre pontos negativos, o natural é que isto entre em uma negociação com o proprietário.

 

E para assinar uma proposta ou documento, como posso fazer?

Certamente está é a dúvida das dúvidas. Afinal, até ontem assinatura precisava de papel e caneta, certo? Certíssimo: até ontem!

O HomeGuru incorporou a assinatura eletrônica provida pela DocuSign dentro do seu próprio ecossistema. Assim, quando falamos em “assinar a Proposta de Compra” é porque, mesmo virtualmente, o cliente poderá assinar este e outros documentos.

Este tópico é um parêntese pontual para que você possa entender como é possível vender pela internet com seu smartphone.

 

Mas esta assinatura digital tem caráter legal?

Sim! E isso é possível pois desde 2001, com a MP 2.200/2001-2 é regulamentada a questão da assinatura eletrônica.

Com esta regulação, critérios técnicos de segurança e privacidade foram elaborados para que elas tenham validade jurídica e, com isto, documentos e propostas sejam aceitas até mesmo em tribunais.

Veja também

Para ler mais sobre o tema, recomendamos ler este artigo criado pela própria DocuSign em seu site.

 

Propostas ao proprietário e contrapropostas ao proponente

Agora que já é sabido que á possível assinar através do smartphone de modo legalmente aceito, podemos avançar sobre a questão de propostas do proponente comprador ao proprietário – sempre através do corretor de imóveis.

Com o app do HomeGuru, quando o comprador quer dar prosseguimento à negociação, o corretor poderá gerar uma proposta pelo próprio celular de um modo muito simples.

 

Gerando uma proposta de compra no HomeGuru

O corretor precisa inicialmente inserir as informações do proponente, como nome completo, CPF, RG e endereço atual. Após isto, segue com as informações do imóvel que deseja comprar e avança para valores.

Faça uma proposta de compra ou aceite para venda do imóvel pelo próprio smartphone
Faça uma proposta de compra ou aceite para venda do imóvel pelo próprio smartphone

A questão financeira é clara e direta. Basta inserir os valores do imóvel, o quanto de entrada é proposto, o quanto é financiado, se haverá amortização periódica, uso de FGTS e tudo mais.

Fechada a proposta, um documento é gerado para que o corretor possa entregar, por email, ao proprietário do imóvel.

Recebendo a proposta, o proprietário tem duas alternativas: aceita a proposta ou faz uma contra proposta.

A tramitação de uma contraproposta ocorre da mesma forma que a proposta original, mas desta vez do proprietário ao proponente.

Ah, e muito importante: o Acordo de Comissionamento do Corretor é assinado também, da mesma forma e validade que os demais.

Se optar pelo aceite, com sua assinatura eletrônica, a negociação encerra uma etapa e parte para a obtenção de documentação.

 

Assessoria Jurídica: Documentação, Certidões Online e Contrato de Compra e Venda

Agora vamos falar de um tempo e tanto que você vai economizar com o HomeGuru: correr atrás de toda a papelada que precisa para garantir que a transação imobiliária é possível.

Isto é possível através da internet com as parcerias que o HomeGuru firmou para obtenção de Negativas e outras certidões com seus respectivos emissores. O prazo é muito mais ágil do que se você fosse fazer isto, em alguns casos, leva apenas 24h.

Com tudo em mãos e sendo legalmente possível a compra ou venda pelas partes, emitimos automaticamente o Contrato de Compra e Venda do Imóvel para você enviar aos seus clientes selarem a venda, novamente, com suas assinaturas.

 

Conclusão

Aqui está provado que a venda pode acontecer completamente online, sem necessitar nenhum ou muito pouco deslocamento das partes envolvidas.

Alguns pontos é uma questão de preparação para quando ocorrer o contato de um interessado, como com fotos e vídeos do imóvel. Do contato adiante, é possível, sim, ser efetuada a intermediação da compra e venda através do seu smartphone e sem sair de casa.

Simples. Baixe o app do HomeGuru para Android ou iOS agora mesmo.

Ver comentários (0)

Comente

Seu email não será divulgado.

Ir para o topo